Acompanhamento Terapêutico: clínica e criação na cidade

Acompanhamento Terapêutico: clínica e criação na cidade (2014 – em andamento)

Desde 2014 produzindo diversos trilhamentos conjuntos, o projeto de extensão: “Acompanhamento Terapêutico (AT): clínica e criação na cidade” busca constituir um espaço de formação e atenção à saúde, vinculando a Universidade Federal de Santa Catarina às redes de saúde e assistência social do município de Florianópolis. Orientado pela ética da psicanálise, o dispositivo AT organiza-se em duas vertentes: como espaço de reflexão e formação teórica sobre a clínica das psicoses e como estratégia clínica voltada a usuários encaminhados pela rede pública municipal e pela própria UFSC. As ações desenvolvidas pelo projeto envolvem estudantes, profissionais da redes e professores da UFSC.

O Acompanhamento Terapêutico pode ser caracterizado como uma importante modalidade da clínica voltada a casos graves, com intenso sofrimento psíquico e comprometimentos em relação à autonomia e circulação social. Nesse sentido, busca-se ampliar as bordas do setting terapêutico tradicional, conduzindo que acompanhante e acompanhado possam andarilhar, contemplar e habitar diversos espaços, seja a cidade, a casa do acompanhado ou os serviços, com os quais tem maior vínculo. Nesse acompanhar, o traço diferencial do “Projeto AT: clínica e criação na cidade” é a sustentação pela teoria, ética e método da psicanálise, tendo, assim, a escuta do sujeito como eixo central. Busca-se nessa estratégia qualificar a atenção aos usuários, a clínica e a formação, nesse mesmo gesto, fortalece-se a reforma psiquiátrica e o cuidado em liberdade. 

O Projeto já caracteriza-se como parte da Rede de Atenção à Saúde Mental de Florianópolis e região e articula-se a outros projetos universitários nacionais, que se debruçam sobre o dispositivo do AT. 

Contatos e encaminhamentos: lapcip.ppgp@gmail.com ou ana.marsillac@ufsc.br

Os encaminhamentos de novos casos podem ser realizados pelos equipamentos públicos municipais de saúde e assistência social, bem como por setores da Universidade Federal de Santa Catarina (tais como a Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis [PRAE], o Hospital Universitário (HU), a Secretaria de Ações Afirmativas e Diversidades (SAAD), entre outros).

Equipe: 

Coordenação: Ana Lúcia Mandelli de Marsillac (Coordenadora); Beatriz da Fontoura Guimarães e Mariana Lange.

Gerusa Morgana Bloss; Jeferson Sehn; Lucas Oliveira Alves; Amanda Christine Albuquerque Tavares; Hellen Link; Igor S.Thiago de Souza; Jade Mazza Kastrup Carneiro Rehen; Julia Polizeli Lobo; Juliana Matheus Silva; Natália Dias Goulart; Paulo Ricardo de Araújo Miranda; Patricia Egerland Bueno; Laís Paganelli Chaud.